2º Dia – Fire Conference 2011

Pastor Arlindo Theodoro:

Ser avivado não é simplesmente ser alegre, é muito mais do que pular, o avivamento é mais do que isso, avivamento não começa com o barulho, ele começa com introspecção fazendo-nos olhar para dentro de nós, nos fazendo reconhecer nossas fraquezas e através disso seremos capazes de fazer uma verdadeira rendição a Deus quando reconhecemos que somos nada, e que sem Deus não podemos nada.

Avivamento é quando conseguimos viver para Ele e não para nós, estar avivado é ter comunhão.

Hoje satanás vem maquiando a igreja,  substituindo o avivamento dentro da filosofia: “Se eu não posso aquilo me contento com isso.”

Quando Deus instituiu o templo ele pediu a Moisés que fizesse o Tabernáculo. No tabernáculo havia o Átrio, o Lugar Santo e o Santo dos Santos, no Átrio havia duas peças de mobília: o altar de bronze onde faziam os sacrifícios e adiante uma pia de bronze onde lavavam as mãos depois de oferecer o sacrifício. Adiante do primeiro véu do lado direito havia uma mesa com duas carreiras de 6 pães de cada lado, pães asmos, do lado direito um candelabro, uma figura do avivamento. A frente do segundo véu havia um incensário de ouro puro onde era queimado incenso e representava a oração sacerdotal e dentro do segundo véu a arca da aliança, dentro da arca havia as tábuas da lei, porção do maná, dentro da arca a sua felicidade não acaba, em nome de Jesus fique dentro da arca. Havia em cima da arca uma tampa, um propiciatório de outro puro, e em cima dois querubins com as asas estendidas e nas asas do querubim quando Deus baixava no arraial uma labareda de fogo subia denotando a presença de Deus naquele lugar.

Quando se cultuava a Deus naquele tempo ninguém tinha direito de entrar ali, apenas um homem o sumo sacerdote, e na orla de suas vestes eram colocados sinetes para que quando ele andasse fizesse barulho, porque quando ele entrava no segundo véu ninguém mais sabia o que acontecia e então as pessoas se parassem de ouvir o toque do sino entendiam que ele havia morrido e o puxavam para fora.

Então Cristo veio morrer no meu lugar, os judeus estavam aqui no átrio, a comunidade de Israel em torno, e nós não estávamos em lugar nenhum, não fazíamos parte disso, éramos gentios não tínhamos o direito de prestar adoração a Deus, tanto que Salomão depois de construir o templo criou o átrio dos gentios, um lugar separado, você estava separado, até que Cristo surge um dia as margens do Jordão, do deserto da Judéia seus cabelos certamente longos esvoaçantes, e um homem chamado João estava batizando as pessoas, e de repente Jesus se apresenta para ser batizado, João se recusa a batizá-lo, mas isso deveria ser feito para que se cumprisse as Escrituras e então João o deita nas águas do Jordão, ele simplesmente o batizou a mandado de Deus, e o azul do céu do oriente médio o Espírito Santo se tornou em uma pomba e uma nuvem desceu e tomou conta de tudo, e aquela pomba repousou sobre Jesus, ela entrou e desapareceu. João se lembrou do que Deus havia lhe falado, então João bate no peito e diz em alta voz: Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

Até então o cordeiro era oferecido e não tirava o pecado, porque todo ano todo cidadão tinha que oferecer um cordeiro, e no ano seguinte voltava para oferecer de novo, porque ele escondia o pecado, mas não tinha o poder de retirar, mas quando João diz: “eis o cordeiro de Deus” as pessoas pensaram: “ há algo diferente” porque ninguém havia dito que era o cordeiro de deus, João mostrava nesta situação que aquele cordeiro enviado por Deus vinha limpar definitivamente o homem, libertar o homem do julgo do pecado.

E a multidão que seguia João começou a seguir Jesus, até que Jesus foi levado para ser julgado e injustamente condenado e crucificado entre dois ladrões, satanás tentou de tudo para tornar a forma de Deus mas ele não podia morrer como Deus porque Deus não morre, ele precisava morrer como homem para nos resgatar, nos substituir.

A morte existe em três estágios: Morte física, espiritual e morte eterna. Cristo veio morrer a nossa morte, a palavra morte vem do grego e significa separação, Isaias disse os nossos pecados fazem separação entre nós e Deus, nós não tínhamos direito de chegar nem no Átrio, quem dirá no Santo dos Santos, e então ele experimentou a primeira morte na cruz, ele num dado momento vê o Pai se retirando, se separando dEle, foi o exato momento onde os nossos pecados caíram sobre ele e ele disse: “Deus meu Deus meu porque me desamparaste?” Ali ele morria a morte espiritual, naquele momento o pai se ausentava dele. 

Alguns instantes depois ele olha para o céu e brada dizendo: “Em Suas mãos entrego o meu espírito está consumado”, e morre a morte física.

Jesus então morre numa quarta, fica três dias morto e ressuscita no domingo para a Glória dAquele que vive e reina para sempre. É bom aprender a bíblia.

Jesus é sepultado em um sepulcro emprestado por José de Arimatéia, que servia Jesus em oculto. “E todo aquele que se envergonhar de mim eu também me envergonharei dele.” Marcos 8:38 

“Eu não tenho vergonha do Evangelho, nós temos orgulho de sermos salvos pelo sangue do cordeiro. Nós não temos um rei na barriga, nós temos um Rei no coração.”

Jesus desceu então para morrer a morte eterna, quando a bíblia diz que ele venceu a morte, é muito mais do que voltar a viver, porque Lázaro foi trazido da morte para a vida, mas Jesus é o único, o primogênito dentre os mortos, o primeiro dentre os mortos, é o único homem que ressuscitou, no arrebatamento da igreja nós também seremos ressuscitados se estivermos mortos, mas até aquele momento ninguém havia ressuscitado, Lázaro foi restituído de sua vida, depois morreu de novo, Jesus ressuscitou para nunca mais morrer ele venceu a morte.

Todo homem que morria ia para o Ades, se justo ia para o seio de Abraão, Jesus estava ali e eles começaram a examinar Jesus, porque para ele estar morto ele deveria ter pecado, ele precisava morrer a morte eterna, se Jesus tivesse pecado nós estaríamos perdidos: Visto que ele foi solto as ânsias da morte porque a morte não tinha poder para retê-lo. Jesus foi solto porque a morte não tinha poder para segura-lo porque durante três dias e três noites examinaram Jesus e não encontraram pecado algum, ele é puro, santo, Deus em sua plenitude em três dias e três noites de exame um agente chega para a morte e diz: Morte tem um problema aqui, o problema chama-se Jesus de Nazaré, todo mundo que veio aqui tinha pecado e ficou, José tinha pecado e ficou, Davi, Salomão todos tinham pecados, pois segundo a crença judaica até 3 dias poderia voltar da morte, Ele estava definitivamente morto, não encontramos pecado em sua boca, ele não tem pecado. Então a morte pegou papel e caneta e a próprio punho escreveu: “Eu morte digo que não há em mim poder constituído para reter Jesus no mundo dos mortos e por causa disso eu devolvo para o mundo dos vivos.”

“Porque Ele vive posso crer no amanhã, porque Ele vive temor não há, mas eu bem sei, eu sei que a minha vida, está nas mãos do meu Jesus que vivo está”♪

Quando ele disse está consumado aqui no Santo dos Santos o véu da separação foi rasgado de alto a baixo, isso significava que o caminho estava aberto para nós e significava que aqueles que não tinham direito agora tinham direito de chegar no trono do pai, e Deus esta aqui nesta noite e quer que você tome uma decisão: “Onde nós iremos ficar?”

Ainda hoje no mundo espiritual o Átrio existe, o Lugar Santo existe, e o Santo dos Santos existe. Tem algumas pessoas mesmo tendo acesso ao Santo dos Santos não tem ousadia o suficiente, o coração não arde suficientemente para chegar até lá, se contentam em ficar no átrio, cumprem todas as formalidades mas estão aqui no Átrio. Hoje existem milhões de pessoas neste lugar, a oportunidade está aberta, mas estão preocupados demais com a vida nesta terra.

Mas tem outros que resolveram andar um pouco mais, saíram do Átrio, e chegaram no Lugar Santo e aqui eles tentam servir a Deus, eles estão no meio do caminho, de vez em quando eles se alegram, de vez em quando eles sentem comunhão com Deus, acham o suficiente mas Deus nos quer mais próximos dEle.

Deus está no Santo dos Santos nos esperando, mas enquanto tem gente perdendo tempo no átrio, enquanto tem alguém no meio do caminho porque foi injustiçado, porque sentiu que alguém o feriu e ele parou de caminhar, existe também aqueles que dizem eu não vou passar minha vida no átrio, tampouco vou parar no Lugar Santo, eu vou ao Santo dos Santos eu vou me abraçar com Deus!

Esse post foi publicado em Fire Conference. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s