Culto de Louvor e Adoração – Apóstolo Valdir

E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles.
Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.
E disse o SENHOR a Satanás: Observaste tu a meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal.
Então respondeu Satanás ao SENHOR, e disse: Porventura teme Jó a Deus debalde?
Porventura tu não cercaste de sebe, a ele, e a sua casa, e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste e o seu gado se tem aumentado na terra.
Mas estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.
E disse o SENHOR a Satanás: Eis que tudo quanto ele tem está na tua mão; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do SENHOR. 
Jó 1:6-12

Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
Mateus 4:1

Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós.
Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;
2 Coríntios 4:7-9

No primeiro texto em Jó o diabo foi ao encontro de Deus falar sobre Jó, e Deus entrega os bens de Jó nas mãos do diabo. Em Mateus Jesus foi levado pelo espírito de Deus ao deserto para ser tentado, em Coríntios Paulo diz que orou, jejuou fez de tudo mas não foi tirado o espinho da sua carne.

Nós precisamos entender o porque do deserto, temos que entender que há um propósito para o deserto, se Deus pega Jó que era integro e justo e o manda para o deserto, manda Jesus para o deserto e não tira o espinho na carne de Paulo. Ele tem um propósito para você estar passando pelo deserto.

Se nós estamos passando por um período de prova existe uma permissão de Deus. Temos que aprender que Deus permite que eu e você passamos pelo deserto porque é lá que Deus trabalha o nosso caráter. Mesmo que esteja difícil glorifique o nome de Deus, se Deus está me provando no deserto ele vai me aprovar.

Deserto não é sinônimo de abandono de Deus, quantos quando entram no deserto murmura, Deus não te abandonou por causa do deserto, o povo de Deus na travessia do deserto não estava abandonado, foi o tempo que Deus mais agiu na vida deles. Exemplo: Os irmãos de José o venderam e o aproximaram da vitória, da rota que Deus tinha para ele, deserto não vai mudar a rota que Deus tinha para sua vida, independente do que aconteça Deus vai cumprir

Deserto não é sinal de que Deus te abandonou, é sinal de que Deus está presente.

Deserto é escola, nós em toda nossa mocidade somos capazes de aprender em um velório, mas não aprendemos em uma festa. Se Deus tirou você de um momento de festa e te levou para o deserto ele está querendo te fazer pensar.

Por que acontecem mais ressurreições na África do que no Brasil? Porque diante de um nível maior de potestades Deus vai fazer algo muito maior, porque Ele não perde para demônio nenhum.

Se você está no deserto é porque Deus quer fazer algo em sua vida.

O diabo usa o deserto para tentar te rebaixar, para te fazer murmurar, ele sabe que adoração move o coração de Deus, a bíblia diz que Deus habita no meio dos louvores, e sabemos que o diabo está no meio da murmuração. Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, mesmo no deserto glorifique ao Senhor. Glorificar a Deus quando perde alguém na família é só para adorador então não aceite ser rebaixado. Ele quer te rebaixar porque ele foi rebaixado, e ele não aceita ficar nessa condição sozinho ele quer te levar junto.

Quem define o tempo do deserto é Deus. Ta no deserto? Você não está sozinho. No deserto durante o dia há uma nuvem para refrigerar sua vida, e você só pode se mover se a nuvem se mover, de noite vem a assolação e Ele traz uma coluna de fogo para te aquecer, esta faltando água ele tira da rocha, ta faltando pão? Ele derrama maná do céu.

Há situações que o seu deserto só você sabe o que está passando e você se sente só, é o diabo tentando apagar a sua esperança em Deus, no deserto se é ensinado o poder do relacionamento.

No início de tudo em todas as viradas do dia Deus estava com o homem, Deus viu que não era bom que o homem estivesse só e criou para ele uma companheira.

As suas más amizades não podem te impedir de fazer boas amizades. O deserto nos ensina o poder dos relacionamentos.

A luta não afasta os seus amigos ele qualifica os seus amigos. Deus vai te dar amigos de excelência.

Fama é de Deus, você vai ser famoso. Vai ser famoso nos céus, e vai ser famoso na terra, e vai ser conhecido no inferno.

No deserto você descobre a diferença do que é importante e do que é essencial. Se você está passando por uma luta e está frustrado porque está demorando saiba que Deus não está demorando Ele está caprichando.

Por que quando João Batista avistou Jesus no deserto ele disse: “Eis ai o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” e não “que tira os pecados”? Porque o pecado se resume em uma só coisa: desobediência.

O diabo pegou Jesus e o levou para um lugar bem alto, mas já era promessa de Deus te exaltar, não negocie aquilo que já é seu.

Mesmo que esta sendo doloroso assuma sua briga, o deserto é seu não ponha a culpa em ninguém. 

O deserto não vai te vencer é você quem vai vencer o deserto, é você quem vai passar pela prova salmodiando a Yeshua. 

Esse post foi publicado em Apóstolo Valdir, Cultos dominicais e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s